1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Vacinação

 

Quando existem formas de contornar as regras, existe sempre que tente lucrar com tal medida, e algo que tem vindo a crescer consideravelmente nos últimos tempos diz respeito aos certificados falsos de vacinação contra a COVID.

 

O número de plataformas online que estão a vender certificados falsos de vacinação contra a COVID aumentou drasticamente nos últimos meses, bem como os preços de um destes certificados.

De acordo com a empresa de segurança Check Point Research, o mercado negro dos certificados falsos de vacinação tem vindo a expandir-se consideravelmente, e Portugal faz agora parte da lista de 29 países onde estão a ser vendidos estes certificados.

 

Em vários portais no Telegram e outras plataformas de mensagens é possível encontrar à venda certificados falsos de vacinação. Os dados mais recentes da empresa de segurança apontam para a existência de 1000 anunciantes no Telegram. Atualmente, são mais de 10 000 utilizadores a oferecer certificados de vacinação falsos.

 

O Telegram é uma das principais plataformas onde decorrem estas transações ilícitas. Aqui, os vendedores organizam-se em grupos com um dado número de subscritores. Recentemente, foi identificada uma rápida aceleração do número de subscritores e seguidores, com alguns grupos a atingir os 300 000 membros – um número inédito até então.

 

telegram de vacinação falsos

 

A drástica subida deve-se, no entender da Check Point Research, ao plano de vacinação obrigatória anunciado pela administração norte-americana na passada semana. Apesar de Portugal não estar, para já, incluído nesta regra, ainda assim a procura por este género de certificados falsos tem vindo a aumentar consideravelmente.

 

Além disso, os próprios vendedores também se encontram a evoluir nas ferramentas usadas para criar estes certificados. No caso da Áustria, foi descoberto um bot no Telegram capaz de criar automaticamente e gratuitamente certificados falsos de vacinação, bastando aos utilizadores preencher apenas algumas informações.

A investigação aponta ainda que um certificado falso de vacinação em Portugal pode atingir preços de 150 euros, sendo que é importante relembrar que estes certificados, apesar de parecerem originais no papel, não passam sobre a validação oficial das autoridades.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech