1. TugaTech » Hardware » Noticias de Hardware

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

BIOS vai desaparecer dentro de três anos
Pelo menos, é o que acredita a MSI, que está a apostar forte no UEFI, o sucessor do cada vez mais antigo BIOS

O site Think cita uma fonte da MSI que deseja permanecer no anonimato, segundo a qual "a empresa irá começar a transitar para o UEFI a partir do final deste ano, e esperamos que esteja amplamente adoptada dentro de três anos".

Os primeiros produtos MSI a chegar em massa ao mercado e a exibir a tecnologia UEFI serão baseados no chipset Sandy Bridge, da Intel, com preços para todas as bolsas. "Não consideramos o UEFI uma característica dispendiosa de produtos de topo, mas algo obrigatório para todos".

O UEFI, acrónimo de Universal Extensible Firmware Interface, é uma tecnologia que pega no projecto EFI da Intel. O EFI foi desenhado para substituir o BIOS, e apresenta uma interface gráfica de fácil utilização. Além das questões cosméticas, esta tecnologia tem como objectivo resolver outros problemas relacionados com a antiguidade do BIOS.

As empresas que fabricam motherboards não têm mostrado grande vontade de substituir o BIOS por esta tecnologia moderna, todavia. Isto dever-se-á não só à filosofia do "se funciona, para quê mexer?", mas também devido ao investimento necessário para fazer a transição.

Contudo, agora parece haver uma razão premente para as motherboards deixarem, finalmente, para trás o BIOS: o armazenamento. No mês passado, a Seagate revelou uma nova família de discos rígidos com mais de 2 TB que são incompatíveis com o BIOS. E quem quiser este tipo de capacidade na sua máquina terá de ter uma motherboard com tecnologia com UEFI.
Fonte Exame Informática







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech