1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Elon Musk sobre uma parede LED

 

Elon Musk recentemente confirmou ter adquirido uma elevada quantidade de ações no Twitter, para surpresa de muitos. No entanto, parece que não demorou muito tempo para começarem os problemas para o mesmo.

 

Isto porque um acionista da empresa terá agora processado Elon Musk derivado da sua recente aquisição. Musk é acusado de realizar falsas declarações e omissões para os restantes acionistas da empresa sobre a sua compra, além de ter demorado a revelar essas intenções para os restantes investidores da empresa.

 

Ao falhar na divulgação destas informações, Musk pode estar a violar os termos da U.S. Securities and Exchange Commission (SEC) nos EUA, o que lhe permitiu adquirir as ações do Twitter em valores inferiores do que seria normal.

 

A acusação alega que Elon Musk terá começado a adquirir ações no Twitter em meados de Janeiro de 2022, sendo que por 14 de Março já teria cerca de 5% das ações da empresa em sua posse.

As regras da SEC indicam que Musk deveria ter revelado que era um investidor da empresa 10 dias após ter atingido o marco dos 5% das ações adquiridas, mas que tal não foi realizado. A notificação para as autoridades apenas foi realizada no dia 4 de Abril, depois deste ter adquirido 9.2% das ações.

 

Os acionistas que venderam as suas ações do Twitter entre 24 de Março e 4 de Abril terão sido prejudicados, uma vez que perderam as receitas associadas com a eventual reação do público à entrada de Elon Musk na empresa.

 

O caso encontra-se agora em avaliação, sendo que tanto o Twitter como Elon Musk ainda não deixaram qualquer comentário público sobre o mesmo.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech