1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Twitter app

 

Depois de um ex-funcionário do Twitter ter vindo a público deixar graves acusações contra a empresa, e nomeadamente contra as suas práticas de segurança, parece que a rede social encontra-se agora a aplicar algumas medidas internas.

 

De acordo com a Reuters, o Twitter encontra-se a realizar algumas alterações derivadas das acusações de Peiter "Mudge" Zatko, antigo chefe de segurança da plataforma que recentemente veio divulgar as más práticas da empresa no que respeita à segurança.

 

Segundo fontes internas, o Twitter encontra-se a conjugar as equipas de combate à desinformação sobre a plataforma, com a equipa de serviços do Twitter e de moderação. Esta última equipa será a responsável por analisar os perfis da plataforma marcados como spam ou que sejam associados como bots – e é também onde se encontra a responsabilidade de remover contas maliciosas da plataforma e em violação dos termos de serviço.

 

A equipa será liderada por Ella Irwin, que se juntou ao Twitter em Junho e anteriormente trabalhou para a Amazon e Google. Irwin terá enviado um email interno para os funcionários destas duas divisões, indicando que a empresa necessita de se focar em problemas específicos, trabalhando em conjunto para resolver os mesmos.

 

De acordo com a Reuters, um porta-voz da empresa afirma que as mudanças internas são feitas para focar os diferentes departamentos no objetivo final que se pretende para os mesmos. Fontes internas também apontam que, de forma recente, as divisões associadas com as notícias na plataforma e responsáveis por gerirem conteúdos tóxicos ou abusivos também sofreram grandes mudanças.

 

De notar, no entanto, que estas mudanças surge depois de Zatko ter apontado graves falhas a nível da segurança por parte do Twitter, em alguns pontos que eram muitas vezes ignorados pela empresa. Zatko afirma mesmo ter sido despedido por não compactuar com as regras que a plataforma pretendia implementar, e sobre como estas podem mesmo ser consideradas uma ameaça para a segurança nacional de diferentes países.

 

Pouco depois das revelações de Zatko, o CEO do Twitter terá enviado internamente um email para os funcionários, indicando que as acusações eram falsas e estavam cheias de inconsistências.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech