1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Marinha dos EUA com pirataria

 

A Marinha dos EUA foi considerada culpada pelo uso de software pirata, tendo sido obrigada a pagar 154.400 dólares para a empresa associada com o software pirateado.

 

O caso foi inicialmente apresentado em 2016, pela empresa alemã Bitmanagement Software, a qual acusava a Marinha dos EUA de usar software não licenciado em mais sistemas do que teria sido acordado. A Marinha teria chegado a um acordo com a empresa para o uso de um software de realidade virtual 3D experimental em 2011 e 2012, o qual poderia ser usado em 38 computadores para testes.

 

Face ao sucesso do teste, ambas as partes terão chegado a um acordo para serem adquiridas mais licenças, negociações que duraram entre 2013 e 2015. Inicialmente, a Bitmanagement Software teria também dentro do acordo a indicação de remover a proteção de software dos seus programas fornecidos para a entidade.

 

No entanto, apesar de a Marinha dos EUA apenas ter pago a licença para 38 computadores do software, a Bitmanagement Software alegou que esta se encontrava a usar o programa em mais de 558.466 computadores diferentes dentro da organização. O software usado para monitorizar a atividade do programa teria sido desativado pela Marinha em 2014, pelo que o valor pode ser consideravelmente superior.

 

Tendo em conta que o software custava, na altura, 1067 dólares por licença, a empresa terá apresentado um caso em tribunal a exigir o pagamento de 596 milhões de dólares pelo uso do software. Por sua vez, do lado da Marinha dos EUA, esta indicava que o acordo feito com a empresa daria a possibilidade desta usar a licença em mais sistemas sem limitações.

 

O caso ainda tinha sido descartado em 2019, mas foi reaberto em Fevereiro de 2021, apenas para se confirmar que a Marinha dos EUA teria mesmo sido acusada de pirataria, mas não pelas razões originais. Neste caso, a empresa foi multada por não usar o software necessário para gerir o licenciamento, o que poderia permitir a instalação do software em mais sistemas do que os contratados inicialmente.

 

Além disso, foi ainda determinado que o preço por licença adquirida da Bitmanagement Software seria de 200 dólares, e não de 1067 dólares, o que permitiu à empresa obter o pagamento de 154.400 dólares.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech