1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Criptomoedas sobre fundo colorido

 

Sam Bankman-Fried, o ex-CEO da plataforma de exchange FTX, agora em colapso, terá alegadamente realizado o pagamento de largas quantias de dólares para uma reconhecida publicação de notícias na esfera dos conteúdos de criptomoedas.

 

De acordo com a mensagem de Bobby Moran, chefe do departamento financeiro da publicação The Block, o até agora CEO da empresa, Michael McCaffrey, terá recebido mais de 27 milhões de dólares em pagamentos por parte de SBF e da sua plataforma da FTX.

 

Bankman-Fried terá ainda oferecido mais de 16 milhões de dólares para McCaffrey, o que terá permitido ao mesmo comprar uma residência nas Bahamas, onde a FTX também se encontra sediada.

 

De acordo com o portal Axios, McCaffrey terá recebido estes pagamentos diretamente da FTX. De notar que McCaffrey terá sido já destituído do seu cargo dentro da empresa The Block. McCaffrey terá mantido os pagamentos recebidos da FTX e da Alameda Research em segredo, até perto do dia de Ação de Graças nos EUA, onde a situação foi oficialmente revelada junto da administração da empresa.

 

É importante relembrar que Bankman-Fried é conhecido por realizar investimentos em publicações de noticias importantes sobre o mundo das criptomoedas, o que teria como objetivo incentivar uma melhoria da imagem da FTX para com essas entidades. O mesmo terá realizado investimentos em plataformas como a Semafor, ProPublica, The Intercept, entre outras.

 

Segundo as declarações de Bobby Moran, o facto que McCaffrey terá aceite os empréstimos de Sam Bankman-Fried sem declarar os mesmos para a entidade terá sido um ponto bastante controverso para a empresa, descredibilizando a imagem da mesma junto dos meios de noticias do mundo das criptomoedas em geral.

 

Por sua vez, McCaffrey afirma que nunca pretendeu que estes investimentos fossem uma influência para a forma como a plataforma tratava a FTX, Alameda ou o próprio Bankman-Fried, lamentando a sua "falta de julgamento" ao aceitar os mesmos – no entanto, o mesmo não indica os detalhes sobre a transferência de fundos associados com a compra de uma casa nas Bahamas.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech