1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.


Um tribunal neo-zelandês, responsável pelo caso do Megaupload, decidiu libertar cerca de 3,8 milhões de euros da sua conta pessoal de Kim Dotcom, fundador do serviço, como forma de pagamento de despesas.

Este valor deverá ser utilizado para o pagamento dos honorários dos advogados e alguns gastos pessoais, como o aluguer da mansão onde Dotcom reside.
Esta decisão surge depois dos advogados do fundador terem requerido ao tribunal a libertação dos fundos de Kim Dotcom, necessários para o pagamento das suas despesas.

Kim Dotcom encontra-se em prisão domiciliária, acusado de pirataria, aguardando a audição sobre o pedido de extradição para os EUA.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech