1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

blockchain

 

Uma das entidades que regula a Internet na China revelou que irá lançar um novo projeto que, caso venha a tornar-se publico, pode acabar com a privacidade dos utilizadores em transações de blockchain.

 

Caso este projeto seja aprovado, todos os utilizadores necessitam de fornecer os seus nomes de registo, bem como números de identificação, cada vez que realizem transações em sistemas de blockchain. Ou seja, qualquer compra realizada a partir de criptomoedas ou tecnologias que se baseiem sobre o blockchain deixam de ser anónimas para as entidades locais do governo chinês.

 

Alem disso, o projeto estipula também que se possa excluir conteúdos e outras informações da plataforma antes destas serem divulgadas com os utilizadores – algo normalmente realizado sobre a censura no pais – bem como manter um registo de todas as transações feitas pela plataforma nos últimos seis meses – de forma a permitir um acesso por parte das entidades caso seja necessário.

 

De notar que alguns cidadãos chineses têm utilizado a blockchain para publicarem alguns conteúdos de protesto sobre o governo local, bem como das ações das autoridades. Esta plataforma é também utilizada como forma de obter informações que, de outra forma, poderiam ser censuradas pelas autoridades.

 

De sublinhar que medidas de limitação ao uso de plataformas online na China são algo comum. Desde o ano passado que não é possível realizar trading de bitcoins no pais, e vários serviços locais – como o WeChat Pay – necessitam de identificações dos utilizadores para pagamentos acima de um determinado valor.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech