1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.



O processo de análise das práticas concorrenciais da Google nas pesquisas foi formalizado no final de Novembro mas agora a Comissão Europeia confirmou que está a inquirir várias empresas que fornecem serviços semelhantes, pretendendo determinar se a gigante da Internet está a abusar da sua posição dominante no mercado.

Os inquéritos e pedidos de informação foram enviados ainda antes do Natal a operadores de motores de busca, agências de publicidade e outra empresas, como já tinha sido avançado pelo jornal francês "Le Figaro". A informação já foi confirmada por uma porta-voz da Comissão Europeia, Amelia Torres.

O pedido de informação é habitual dentro dos processos de inquérito por práticas concorrenciais, mas a porta-voz do executivo europeu não quis adiantar o nome das empresas inquiridas, garantindo apenas que são muitas.

No inquérito enviado às empresas estão perguntas como "Constatou uma diminuição repentina no número de internautas reenviados para os vossos serviços pelo Google e que não possa ser explicada por mudanças no vosso site?" e "Tem conhecimento de módulos nos algoritmos da Google que tenham podido penalizar a classificação das páginas do vosso sítio web?”, entre outras.

A investigação da CE dá seguimento às queixas de abuso de posição dominante no mercado, apresentadas por vários fornecedores de serviços rivais, nomeadamente pelo motor de busca francês Ejustice.fr e pela Microsoft, através do serviço Ciao do Bing.

Estes acusam a Google de favorecer as suas próprias pesquisas e de penalizar as que são oferecidas por empresas concorrentes.

O jornal "Le Figaro" indica que o inquérito às empresas deverá ser respondido até 11 de Fevereiro.
Sapo TEK







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech