1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

Google chrome

 

A Google começou a disponibilizar a nova versão 79 do Chrome, que conta com algumas novas funcionalidades e várias correções de segurança. A nova versão já se encontra disponível sobre a variante estável do navegador, e deverá ser instalada automaticamente em todos os sistemas, através do sistema de atualização automática do Chrome.

 

A versão 79.0.3945.79 destaca-se por contar com algumas melhorias a nível da estabilidade e segurança, bem como a correção de 51 falhas de segurança que tinham sido identificadas pela empresa.

Um dos grandes destaques desta nova versão encontra-se sobre as melhorias realizadas sobre o sistema de proteção contra sites phishing, que agora deverá ser mais eficaz contra websites que ainda não estejam listados como “suspeitos”.

 

Até agora, o Chrome analisa listas publicas para identificar domínios considerados como maliciosos. No entanto, com o número de websites que surgem a cada minuto na internet, isso pode não ser muito eficaz. A pensar nisso a Google implementou um novo sistema de analise para websites, que analisa os conteúdos de cada website para detetar itens considerados como suspeitos ou vulgarmente utilizados em esquemas de phishing, não se baseando apenas em listas dedicadas para o efeito.

 

site malicioso google

 

Segundo a Google, esta nova funcionalidade deverá ajudar numa melhor deteção de sites phishing antes mesmo de serem identificados como tal publicamente. Nas contas da empresa levou a um aumento de 30% na taxa de deteção de novos conteúdos maliciosos.

Além disso, se o navegador verificar que dados de login foram introduzidos num determinado website que, posteriormente, veio a confirmar-se como malicioso ou de phishing, o mesmo irá emitir um alerta a informar para alterar os dados de login na conta afetada.

 

As passwords guardadas no navegador também receberam novas funcionalidades, com o novo sistema de validação das mesmas. Este sistema já tinha vindo a ser testado nas ultimas versões, mas chega agora na versão estável, informando os utilizadores sempre que as suas senhas tenham sido comprometidas publicamente em websites conhecidos – desde que estejam armazenadas na Conta da Google associada ao navegador.

 

senhas guardadas afetadas

 

Por fim, as ligações TLS 1.0 e 1.1 também irão começar a ser marcadas como inseguras para todos os sites que ainda as utilizem, bem como foram corrigidas várias falhas de segurança em segundo plano, que devem fornecer mais estabilidade e segurança em geral ao navegador.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech