1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

zoom logo ecrã

 

Recentemente começaram a surgir diversas críticas sobre a plataforma de videoconferência Zoom, sobretudo devido às suas políticas de privacidade e algumas falhas a nível da segurança das contas e utilizadores. Agora surgem novas indicações que apontam para uma possível ligação da empresa com entidades chinesas.

 

De acordo com um conjunto de investigadores da Universidade de Toronto, nos EUA, foi descoberto que muitas chaves de encriptação da empresa, utilizadas pelos seus serviços, terão sido criadas em servidores localizados na China. Isto acontece mesmo quando os utilizadores para as quais essas chaves foram criadas encontram-se localizados nos EUA ou em outros continentes.

 

Além disso, os investigadores afirmam que também descobriram indícios que a Zoom possui proteção de áudio e vídeo transmitidos pela sua plataforma utilizando um sistema de encriptação dedicado à própria entidade, que se encontra basicamente no controlo da mesma – e como tal esta ainda possui a capacidade de aceder aos conteúdos se assim o entender.

 

Por fim, foi ainda descoberta uma vulnerabilidade sobre a funcionalidade de lista de espera das conversas da plataforma, e que a empresa possui mais de 700 funcionários a trabalharem em subsidiarias da marca na China.

 

Os investigadores apontam que, com todas estas indicações, a Zoom não é considerada uma plataforma segura para a realização de videochamadas e conversas – sobretudo quando estas envolvem empresas de alto renome a nível mundial, que passaram a utilizar a Zoom para realizar as suas atividades. A plataforma tem vindo também a ser utilizada por várias entidades de ensino e governos para manterem as suas atividades durante a quarentena.

 

Apesar de todos os problemas que tem vindo a ser relatados sobre a Zoom serem considerados graves, ao ponto de classificar o uso dos serviços da entidade como inseguros e potencialmente comprometedores da privacidade, estes problemas ainda poderão ser corrigidos. A Zoom necessita de tomar com mais seriedade todos os problemas que tem vindo a ser relatados, e agir em conformidade – algo que a marca já referiu que iria começar a realizar mais ativamente.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech