1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

Os trabalhadores do fabricante chinês Wintek, que sofreram lesões devido a um químico utilizado para limpar os ecrãs para os equipamentos da Apple, apelaram à companhia de Jobs para que os ajudassem.

Os 137 trabalhadores que tiveram problemas de saúde depois de utilizarem o químico, conhecido como N-hexane, afirmam que a companhia chinesa Wintek, que produz os ecrãs para os equipamentos móveis da Apple, atribuiu uma compensação demasiado baixa.

Cinco dos 137 trabalhadores, que escreveram uma carta dirigida a Steve Jobs a pedir ajuda, alegaram ainda que a Wintek pressionou os trabalhadores que aceitaram a compensação para abandonarem o cargo. Segundo os trabalhadores, a companhia recusou-se a assegurar as contas médicas dos que ainda sofressem de sintomas provocados pelo químico.

A Apple deu conta do incidente ocorrido em 2009 num relatório publicado na passada semana, onde afirmou ter pedido ao fabricante chinês Wintek para que apresentasse provas que demonstrassem o abandono do químico N-hexane nas linhas de produção.

De acordo com a Bloomberg, Jay Huang, líder financeiro da Wintek, afirmou que poderá aumentar o salário dos trabalhadores afetados. Huang afirmou ainda que a empresa já pagou um total de 1,5 milhões de dólares (cerca de um milhão de euros) a 91 trabalhadores lesados. Jay Huang referiu que desconhecia a carta que alguns dos trabalhadores enviaram à Apple.
Fonte: Exame Informática







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech