1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

app do Instagram a apontar para o céu no meio de edifícios

 

Na raiz do Instagram encontra-se fortemente as publicações de imagens, ou não fosse a plataforma ter sido ao longo dos anos focada em fotografias. Desde cedo que o Instagram é visto como a rede social “das fotos”, e usada todos os dias por milhares de fotógrafos para partilharem as suas criações.

 

No entanto, nos últimos anos temos visto também uma mudança nesta tendência. Cada vez mais o Instagram parece estar a mudar-se de uma plataforma de fotos, para se focar mais em vídeos. Os stories e o Reels são dois exemplos disso mesmo, onde cada vez mais os conteúdos de vídeo estão presentes junto dos utilizadores.

 

No entanto, isto está a causar algum impacto para quem usava a plataforma para fotos. Uma vez que o Instagram encontra-se agora a dar mais foco em conteúdos de vídeos, esta medida está a fazer com que fotógrafos tenham os seus conteúdos com menos visibilidade dentro do serviço.

 

Não se trata apenas do interesse dos utilizadores, mas também devido ao próprio formato em que os conteúdos são partilhados. Os algoritmos do Instagram começam a focar-se cada vez mais em dar destaque a conteúdos de vídeos, e cada vez menos a imagens – que, relembrando, foram a origem da plataforma e o seu marco durante anos.

 

Isto foi recentemente confirmado por Sam Binding, um fotografo conhecido por ser o “caçador de amanheceres”, que decidiu realizar um rápido teste para colocar a rede social à prova. Sam Binding possui um perfil no Instagram com mais de 11.500 seguidores, onde regularmente publica as suas fotos, mas conta também com um perfil no Twitter com menos de 350 seguidores.

 

De forma a testar como cada plataforma distribui o seu conteúdo, o fotografo decidiu colocar a mesma foto no Instagram e Twitter, analisando uns dias mais tarde o impacto que teve em cada plataforma.

 

Segundo o mesmo, vendo os dados fornecidos por cada plataforma sobre as suas publicações, a mesma foto foi vista no Instagram por 5595 pessoas, enquanto que no Twitter foi vista por 5611 pessoas. Isto será importante tendo em conta que o utilizador possui mais seguidores no Instagram do que propriamente no Twitter – em números consideráveis.

 

Binding afirma que terá decidido criar este teste depois de ter notado que os seus conteúdos estariam a surgir muitas vezes menos recomendados aos seguidores, enquanto que conteúdos como vídeos e conteúdos do Reels são “puxados” para o interesse pelo algoritmo da plataforma.

 

Sem dúvida que os fotógrafos são os que mais sentem este impacto. Muitos dos criadores destes conteúdos no Instagram tem vindo a mudar-se para plataformas alternativas, sendo que o Twitter é visto como uma das principais. Existem ainda alternativas mais dedicadas, como o VSCO, mas a visibilidade publica dos conteúdos é consideravelmente menor nestes locais.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech