1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Bitcoin a crescer

 

A China tem vindo a implementar medidas que afetaram drasticamente a forma como o Bitcoin é tratado no pais, sendo que todas as transações da criptomoeda são agora consideradas ilegais.

 

No entanto, os dados mais recentes apontam que a rede parece já ter recuperado da “quebra” registada com os bloqueios. Segundo os dados da plataforma blockchain.com, o hash rate de toda a rede do Bitcoin encontra-se novamente em valores estáveis em comparação com o que se encontrava antes do bloqueio na China, em meados de Maio deste ano.

 

dados de hash rate Bitcoin após a china

 

De relembrar que, depois do bloqueio aplicado nas tarefas de mineração na China, o Hash Rate caiu drasticamente enquanto as entidades moviam as suas operações para fora da China. O hash rate é também um indicador importante, tendo em conta que analisar o número de sistemas que se encontram a realizar o mining do Bitcoin no mercado mundial.

 

Este volume também possui impacto no valor das transações da criptomoeda. Como existem mais sistemas a processar as transações na rede, a taxa aplicável a pagamentos também possui tendência a cair consideravelmente.

De momento, parece que a saída da China levou muitas das entidades de mineração para países como os EUA e o Cazaquistão, que estão entre os países onde existem mais usos de energias renováveis e onde o preço da eletricidade também possui tendência a ser mais reduzido.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech