1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Xiaomi logo da empresa

 

A Xiaomi tem vindo a passar por um problema que ocorre também com outras empresas no mercado, onde o volume de vendas nos últimos meses tem vindo a  ser mais baixo do que o esperado. Isto leva a empresa a ter de aplicar medidas.

 

De acordo com o portal Financial Times, a empresa pode estar a preparar-se para retirar três executivos de topo da mesma, entre os quais se encontra o atual presidente Wang Xiang. O cargo deve ser ocupado, invés disso, por Lu Weibing, que se encontra faz três anos na frente da marca Redmi.

 

Dois dos cofundadores da empresa, Hong Feng e Wang Chuan, também devem sair dos seus cargos dentro da mesma. Esta confirmação terá sido enviada por uma comunicação interna da empresa para os funcionários, o que indica que a medida pode já ter sido realizada.

Lei Jun, o último cofundador ainda na empresa, deve manter-se na mesma e no cargo que atualmente ocupa. Este foi também o executivo que assinou a mensagem enviada para os funcionários.

 

Nesta mensagem, Lei Jun afirma que a empresa tem vindo a enfrentar várias dificuldades, mas que continua  a trabalhar para aumentar a sua produtividade e eficiência.

Estas medidas surgem também num ano que a indústria na China foi fortemente impactada pelas medidas de contenção da pandemia, e a que se juntam ainda as quedas consideráveis do mercado em geral dos smartphones.

 

De forma recente, a Xiaomi também se viu forçada a realizar alguns despedimentos dentro da empresa, com vários funcionários da empresa a serem dispensados das suas funções. A empresa acredita, no entanto, que o mercado deverá começar a recuperar em breve, o que pode ajudar nas futuras previsões.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech