1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

loja da huawei

 

Muitos clientes da Huawei estão algo incertos quanto ao futuro da empresa, e existem ainda muitas questões pendentes. No entanto, nem mesmo as pessoas que poderiam ajudar a esclarecer algumas dúvidas possuem permissão para o fazer.

 

De acordo com o portal Financial Times, a Huawei encontra-se a notificar internamente os seus funcionários para que evitem entrar em discussões com terceiros acerca do mercado da tecnologia, bem como evitar tocar no assunto do bloqueio da Huawei sobre os EUA.

Uma das primeiras medidas que irá ser aplicada será sobre o contacto entre funcionários da marca e empresas parceiras nos EUA, que estão atualmente suspensos. Além disso, a empresa também terá alegadamente dispensado dois funcionários dos EUA que estavam a trabalhar na sede da empresa em Shenzhen, China.

 

A comunicação entre os colaboradores da marca nos EUA e os funcionários na China também foi consideravelmente limitada, deixando muitos dos colaboradores da empresa sem meio de contactarem a sede. Dang Wenshuan, executivo da Huawei, afirma que a empresa encontra-se a fazer os possíveis para se manter do “lado certo da lei”, e para tal pretende evitar ao máximo situações que podem causar problemas junto do governo norte-americano.

 

De acordo com o portal CNET, estas medidas terão começado a ser aplicadas até mesmo no dia em que a legislação foi aprovada nos EUA. Alguns funcionários da marca foram instruídos para deixarem os seus materiais de trabalho no local e abandonarem as instalações da empresa.

 

De relembrar que a Huawei encontra-se a defender das acusações do governo de Donald Trump, afirmando que o mesmo não possui provas concretas para sustentar as acusações feitas contra a empresa.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech