1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Hyperstech

 

A Internet está cheia de esquemas maliciosos e “scams”, que tentam enganar os utilizadores a comprarem produtos que não são, na realidade, verdadeiros ou o que se esperava dos mesmos. Mas recentemente foi descoberto o que pode ser considerado um dos maiores esquemas de “tech scam” atualmente em vigor na Internet.

 

O caso começou por ser denunciado pelo youtuber “Mrwhosetheboss”, que relatou o processo de compra de um smartphone chamado de “Uphone”. O Youtuber revela que, durante vários dias, terá recebido anúncios publicitários sobre este dispositivo.

 

O smartphone em si surge na publicidade com várias “tecnologias inovadoras” e apelidado como um dos “melhores smartphones no mercado”. No entanto, uma rápida pesquisa pelo mesmo rapidamente se chega à conclusão que é uma versão modificada de Ulefone S10 Pro, um dispositivo que se encontra à venda em sites como o Alibaba.

 

uPhone copia

 

Além disso, existem também relatos que a empresa responsável pela venda do produto nem sempre entrega o mesmo, ou a qualidade deste fica abaixo do que seria de esperar. Num dos casos, um comprador do smartphone tentou devolver o mesmo, tendo a empresa fornecido uma morada falsa para retorno do produto.

 

No entanto, o que terá chamado mais à atenção foi o facto de que, no processo de compra, o dispositivo e pagamentos eram muitas vezes associados com diversas entidades diferentes. Uma dessas entidades, para as quais os pagamentos do Uphone estariam a ser feitos, será a “Hyperstech” ou “Hyper SLS”, uma empresa sediada no Reino Unido e que possui uma baixa reputação na internet devido às várias criticas negativas que possui.

 

pagamento

 

Existem várias criticas sobre esta entidade e os seus métodos de funcionamento, com vários utilizadores a apelidarem a mesma de falsa ou enganadora, a comprarem produtos que nunca são entregues. A lista de criticas é bastante extensa, e afeta utilizadores em diferentes países. Como exemplo, no Trustpilot a empresa possui uma classificação inferior a 1.3 estrelas.

 

reviews empresa

 

A sede da empresa encontra-se registada como um edifício em Hong Kong, mas que não possui qualquer indicação clara de se tratar efetivamente da sede da empresa, sendo apenas um edifício em branco.

 

No entanto, parece que o Uphone não é o único dispositivo que é comercializado por esta entidade. Com uma rápida pesquisa é possível encontrar-se que a “Hyperstech” é responsável também pelo lançamento de vários outros produtos no mercado. Um deles será o “X One Phone”, um dispositivo bastante similar ao uPhone – que como visto anteriormente, é apenas uma versão clonada do Ulefone S10 Pro.

 

X One Phone

 

Além disso, a Hyperstech é ainda detentora de um vasto conjunto de outros dispositivos completamente aleatórios, e que na sua grande maioria aparentam ser clones de outras versões comercializadas em larga massa pela Internet. Todos estes produtos são apresentados em sites praticamente idênticos entre si, que colocam os produtos como sendo os “melhores” no mercado, e que direcionam os utilizadores para diferentes páginas de pagamento – das quais será improvável os compradores realmente receberem os produtos que adquiriram, tendo em conta as criticas negativas que existem sobre a marca.

 

No entanto, existe uma característica em comum sobre todos estes produtos. Os vários dispositivos que a empresa “Hyperstech” encontra-se a vender vão alterando de nome sem realmente se alterar o produto em si. Muitos dos nomes surgem apenas como variações de outros existentes, ou são o mesmo produto mas com termos diferentes que os colocam como “novos” no mercado (quando não o são).

 

Estes produtos, apesar de se encontrarem relacionados com a “Hyperstech”, ainda assim estão a ser comercializados por entidades completamente diferentes, um pouco por todo o mundo.

Por exemplo, o uPhone anteriormente referido é vendido por uma entidade apelidada de “Hyper SLS” em Hong Kong, um repetidor Wifi “Wi-fi Ultraboost” é da empresa “Novads OU” na Estónia.

 

Apesar de serem de entidades diferentes, estas marcas estariam a ser geridas apenas por uma única pessoa, já que fornecem todas os mesmos produtos, sobre a mesma marca principal, mas apenas com variações nos nomes em como são vendidos.

 

> Porquê a alteração de nomes?

 

Uma das formas que se verifica por potenciais esquemas online passa por realizar pesquisas sobre nomes de marcas ou entidades no Google. Se um produto é falso ou a empresa responsável pelo mesmo não possui a melhor reputação, certamente que isso irá surgir em algum momento nas pesquisas do Google.

 

Vídeos no YouTube ou Reviews de produtos online ajudam a identificar os potenciais esquemas, e quem se encontra a gerir estas marcas parece ter conhecimento disso mesmo.

 

De acordo com o Youtuber, uma das formas de contornar este género de pesquisas passa por alterar o nome do produto. Ou seja, quem se encontra a gerir as marcas e os produtos, após ter conseguido enganar um vasto numero de utilizadores, procede então à alteração da marca e da empresa para outra qualquer em redor do mundo.

 

Desta forma, se um potencial comprador tentar adquirir um produto que é reconhecido como sendo “falso”, a criação de uma marca diferente vai fazer com que não apareçam mais resultados negativos sobre o mesmo, repetindo o ciclo sempre que um dos esquemas é descoberto.

 

Por exemplo, existem duas marcas diretamente associadas à “Hyperstech” que vendem um drone sobre o nome de “DroneX Pro” e “Skye Drone”. No final, e de acordo com os sites de cada um dos produtos, são drones idênticos entre si, com apenas a diferença do nome. No entanto, se for realizada uma pesquisa por “DroneX Pro” no Google, rapidamente se encontra vídeos e sites a alertarem para o esquema, enquanto que “Skye Drone” não possui qualquer resultado negativo.

 

drone X Pro

reviews skye drone

 

No final, o objetivo passa por tentar ocultar o esquema malicioso através da modificação dos nomes dos produtos. Desta forma é mais complicado para novos compradores potencialmente encontrarem informações sobre o esquema na Internet, visto que basta alterar o nome do produto e manter o mesmo produto final – que, como visto anteriormente, nem sempre é entregue aos compradores.

 

Atualização (25/06/2020): Informações adicionadas







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech