1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Tutanota

 

O serviço de emails encriptados Tutanota confirmou que tem vindo a ser alvo de elevados ataques DDoS nas últimas semanas, que inicialmente foram direcionados para o site da plataforma, e mais tarde para os fornecedores DNS do serviço.

 

O Tutanota trata-se de uma plataforma de serviços de emails seguros e encriptados, com mais de 2 milhões de utilizadores em todo o mundo. A plataforma é frequentemente citada como uma das alternativas ao popular ProtonMail, e tem vindo a ganhar destaque na internet nos últimos meses.

 

De acordo com o comunicado da empresa, o primeiro ataque DDoS contra a plataforma foi realizado no dia 14 de Setembro, sendo que afetou um pequeno conjunto de utilizadores do serviço. No entanto, este ataque foi rapidamente controlado com o bloqueio de acesso dos blocos de Ips de onde estaria a partir o mesmo.

 

Porém, os ataques têm vindo a intensificar-se nos últimos dias, passando do website da entidade para também afetarem os serviços DNS do domínio – e que permitem que este funcione corretamente, bem como todas as suas plataformas associadas.

A empresa refere que têm vindo a ser implementadas medidas de maior controlo para estes ataques, e que o processo de mitigação dos mesmos ainda se encontra a decorrer, mas que estes estão agora bastante mais controlados. No entanto, estes ataques também causaram impacto nos clientes do serviço – que relatam falhas de acesso à plataforma e nas entregas de emails.

 

Matthias Pfau, co-fundador da entidade, referiu numa entrevista ao portal BleepingComputer que estes ataques são direcionados para comprometer a liberdade de expressão dos milhares de utilizadores que usam a plataforma de email, bem como para comprometer a privacidade dos mesmos.

O objetivo dos ataques parece ser claro: impedir que os utilizadores tenham acesso às suas contas de email encriptadas. Até ao momento ainda se desconhece a origem dos ataques e nenhuma entidade reivindicou os mesmos.

 

A empresa refere ainda que a maioria dos ataques terão sido controlados no dia 17 de Setembro, e que desde então o serviço tem vindo a manter-se estável e funcional.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech