1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Facebook app ícone em smartphone

 

O Facebook tem vindo a investir consideravelmente em fazer saber os utilizadores as medidas que estão a ser tomadas para o combate a possíveis casos de interferências na campanha eleitoral dos EUA, e hoje chega mais uma confirmação disso mesmo.

 

De acordo com uma entrevista do porta-voz da rede social ao jornal “Le Journal du Dimanche”, o Facebook já terá rejeitado mais de 2.2 milhões de anúncios publicitários no Facebook e Instagram que teriam como objetivo partilhar informação no sentido de obstruir a votação dos utilizadores. Além destes, foram ainda removidos mais de 120.000 mensagens que teriam sido criadas com o mesmo objetivo.

 

Foi ainda revelado que a rede social possui uma equipa com mais de 35.000 profissionais para monitorizar qualquer publicação considerada como potencialmente maliciosa para a votação dos EUA, bem como conta ainda com a ajudar de 70 organizações especializadas para analisar os conteúdos e realizar fact checking a possíveis publicações na rede.

 

Estas medidas da rede social têm vindo a ser tomadas como forma de evitar todos os problemas que foram verificados em 2016, onde a rede social foi acusada várias vezes de ter sido usada para a partilha de informação falsa sobre as eleições da altura, e que terão propagado para ter diferença na votação final por parte da comunidade – na altura o Facebook não possui praticamente qualquer medida para controlar este género de conteúdos na plataforma.

 

No entanto, mesmo com todas estas medidas, a rede social ainda tem vindo a ser fortemente criticada por não ter feito o suficiente para evitar a propagação de conteúdos potencialmente danosos para as eleições. Resta saber se as medidas vão ter impacto no final.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech