1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

Safari da Apple

 

Muitos navegadores existentes no mercado usam o sistema do Google Safe Browsing para detetar potenciais sites maliciosos que os utilizadores tentem aceder. Este sistema requer que, quando os utilizadores acedem a um determinado site, o mesmo seja inicialmente verificado sobre este sistema para garantir que é seguro.

 

Navegadores como o Chrome e Firefox usam este sistema para maior segurança durante a navegação, e o mesmo encontra-se aberto também para outras entidades. A Apple é uma das que usa o mesmo dentro do Safari.

 

Apesar de o sistema ser sem dúvida útil para os utilizadores finais, também abre portas para que a Google possa recolher mais dados sobre os utilizadores durante a navegação. Apesar de o sistema encriptar todos os sites que são visitados pelos utilizadores, alguns dados ainda podem ser enviados – como é o caso do IP da ligação.

 

Para prevenir isso, a Apple revelou que vai implementar algumas mudanças no Safari, de forma a manter a funcionalidade do Google Safe Browsing, ao mesmo tempo que protege a privacidade dos utilizadores finais.

A empresa irá começar a redirecionar todos os pedidos para a plataforma da Google primeiro por um proxy dedicado, que estará em controlo da Apple. Desta forma, a empresa pode controlar que dados são enviados para a Google, ao mesmo tempo que filtra informação potencialmente identificadora dos utilizadores.

 

A medida vai começar por ser implementada sobre o iOS 14.5, sendo que se espera vir a abranger também o Safari para o macOS dentro das próximas versões. Além disso, a medida vai também de encontro às mudanças que a Apple tem vindo a realizar para se focar mais sobre a privacidade dos utilizadores na utilização dos seus dispositivos.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech