1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

aplicações de mensagens no iPhone

 

O WhatsApp é usado por milhares de utilizadores em todo o mundo, todos os dias, como uma das principais formas de comunicação com amigos e familiares – ou até para empresas comunicarem com os seus clientes.

 

No entanto, de acordo com um estudo realizado recentemente pela empresa Kaspersky, esta é também uma das plataformas mais atacadas. Segundo os dados da empresa, o WhatsApp é a maior plataforma onde ocorrem ataques de phishing junto dos seus utilizadores.

 

A maior percentagem de ligações maliciosas detetadas entre dezembro de 2020 e maio de 2021 foi enviada através do WhatsApp (89,6%), seguido pelo Telegram (5,6%). O Viber surge em terceiro lugar, com uma quota de 4,7%, e o Hangouts conta com menos de um por cento.

Os países que registaram o maior número de ataques de phishing foram a Rússia (46%), o Brasil (15%) e a Índia (7%). A nível mundial, foram registadas 480 deteções por dia. 

 

Este género de esquemas ocorre, na grande maioria dos casos, com links que são enviados dentro de conversas na plataforma e redirecionam os utilizadores para sites maliciosos, onde estes são focados para roubar informações pessoais e dados de login.

Em alguns casos, as mensagens podem também propagar-se diretamente como mensagens diretas nas plataformas, onde os atacantes tentam obter o máximo de informação das vítimas sem que as redirecionem para sites de terceiros.

 

Como sempre, cabe a cada utilizador ter a atenção aos conteúdos que se encontra a receber, e suspeitar de qualquer contacto que não seja normal dentro do serviço ou esteja a pedir informações algo “estranhas” para determinadas tarefas.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech