1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

Windows sobre fundo de fumo

 

O Windows é um dos sistemas mais atacados, em parte porque é também um dos sistemas mais populares no mercado. No entanto, nem mesmo sendo o sistema mais popular evita que a própria Microsoft falhe em algumas questões em nível de segurança.

 

Para garantir a segurança dos utilizadores, o Windows conta com uma lista padrão de drivers consideradas como maliciosas, que são bloqueadas de instalação no sistema. Esta lista inclui drivers que foram conhecidas como sendo usadas em ataques em larga escala ou que possuem graves vulnerabilidades para afetar o sistema.

 

Apesar de a medida ser focada em garantir a segurança dos utilizadores, um novo relatório do portal Ars Technica afirma que esta lista de drivers não possuí impacto real no sistema, e que as mesmas ainda podem continuar a ser carregadas no Windows apesar de estarem, teoricamente, bloqueadas.

 

As drivers são o que liga o hardware com o software, e muitas vezes são pontos centrais de acesso para permitir que o sistema funcione corretamente. É a partir das drivers que componentes como as placas gráficas, de som, entre outros conseguem comunicar com o Windows. Uma vez que as drivers, para o seu funcionamento, exigem a comunicação direta com a raiz do sistema (kernel), a Microsoft estabelece que todas as drivers necessitam de ser assinadas e verificadas pela empresa.

 

No entanto, se uma driver que foi assinada possui uma vulnerabilidade, esta pode ser explorada para ataques. Para evitar este género de falhas, a Microsoft usa uma tecnologia conhecida como HVCI, que basicamente protege o sistema de drivers que são consideradas como maliciosas através de uma lista desenvolvida pela Microsoft. Esta funcionalidade encontra-se ativa em todos os sistemas Windows por padrão.

 

No entanto, de acordo com o investigador de segurança Will Dormann, da empresa Analygence, este confirmou que o mesmo não funciona como esperado, ainda permitindo que drivers maliciosas e que, supostamente, deveriam ser bloqueadas ainda podem ser instaladas no Windows.

Na verdade, analisando este problema, o investigador descobriu que a lista de drivers maliciosas que o Windows usa não é atualizada pela Microsoft desde 2019, deixando quase três anos de possíveis drivers criadas por malware aptas de serem instaladas no sistema.

 

A falha foi, entretanto, confirmada pela empresa, que indica também estar a atualizar a sua linha de atualização do Windows para integrar todas as correções necessárias para que o sistema funcione como esperado. No entanto, os utilizadores também podem instalar manualmente a lista de drivers para bloqueio nos seus sistemas, caso considerem necessário.

 

Durante estes três anos, a lista continuou a ser atualizada pela Microsoft, no entanto, as atualizações não chegaram a todos os sistemas. Com isto, muitos computadores podem ter mantido listas desatualizadas e estariam vulneráveis a ataques.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech