1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Twitter logo da empresa

 

De tempos a tempos surgem casos onde marcas são "apanhadas" a enviar tweets de dispositivos que vão contra o que seria de esperar. Como é o caso da Google a enviar mensagens promocionais sobre os dispositivos Pixel… a partir do iPhone.

 

Isto é possível de se saber devido a uma pequena identificação que surge perto de cada tweet enviado na plataforma, que indica por onde o conteúdo foi efetivamente enviado. Este pequeno extra permite saber exatamente de onde foi enviado o conteúdo, seja das aplicações oficiais do Twitter, da web ou de aplicações externas.

 

No entanto, parece que Elon Musk não gosta muito desta funcionalidade. Numa recente mensagem deixada no Twitter, Musk afirma que pretende remover esta funcionalidade, por considerar a mesma desnecessária, um "gasto de recursos" e por não ter qualquer utilidade final.

 

mensagem de elon musk

 

Inicialmente acredita-se que o Twitter tenha adicionado esta funcionalidade para ajudar a identificar conteúdos automáticos, uma vez que as aplicações de terceiros podem modificar a forma como surge essa indicação – e apps automáticas podem assim ser rapidamente identificadas.

 

Além disso, a funcionalidade tem sido também usada para algumas gafes ao longo dos anos, de várias empresas, celebridades e afins. De notar que, para já, a mesma ainda se encontra na plataforma e não se conhece exatamente quando será removida.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech