1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

Foi detido o alegado criador do código malicioso usado naquela que é considerada uma das maiores redes de computadores zombie, a Mariposa, reportam vários meios de comunicação internacionais.

Depois de ter sido anunciado o desmantelamento da botnet, em Março, e da detenção dos três homens que, alegadamente, controlavam o esquema, é agora acrescentado um novo elemento à lista: um esloveno de 23 anos, conhecido pelo nickname de Iserdo, que terá desenvolvido o software que permitiu a criação da rede.

As informações são avançadas pela Associated Press, com base em declarações do FBI.

Outros meios, como a PC World, citam dados veiculados por um porta-voz da polícia eslovena, que prometeu mais esclarecimentos para uma conferência de imprensa a realizar sexta-feira.

A mesma fonte acrescenta que o novo suspeito foi detido na localidade de Maribor, na Eslovénia, há cerca de 10 dias, tendo sido interrogado e deixado em liberdade, mas que deverá vir a ser formalmente acusado de crimes informáticos.

Para além do jovem, terão sido detidos no país mais dois suspeitos, em virtude de uma investigação conjunta das autoridades locais, do FBI e da polícia espanhola, que ainda pode levar a mais algumas detenções internacionais, avançaram as autoridades.

O porta-voz do FBI descreveu a detenção de Iserdo como um passo de extrema importância na investigação, que começou em 2008 e continua em curso.

De acordo com os últimos dados avançados, a Mariposa terá incluído cerca de 13 milhões de computadores infectados, que eram usados para roubar dados de cartões de crédito. Em Portugal, foram infectados 49.006 PCs, valendo ao país o 38º lugar no ranking dos mais afectados.
Fonte: TeK







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech