1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

zetta

 

Se vive próximo da fronteira com Espanha, é possível que já tenha ouvido falar da marca Zetta. Esta marca começou a ganhar popularidade em Espanha em 2015, ao fornecer smartphones com componentes elevados e a um preço reduzido.

 

No entanto, parece que nenhum equipamento da Zetta foi fabricado pela marca, mas sim pela conhecida Xiaomi. De acordo com o International Business Times, a empresa estaria a revender equipamentos da Xiaomi como sendo seus, alterando apenas o software e ocultando todos os detalhes relacionados com a fabricante chinesa.

 

O caso ganhou destaque quando o fórum espanhol “Forocoches” divulgou uma imagem de um modelo da Zetta, o qual possuía um autocolante a ocultar os dados da Xiaomi, por debaixo da bateria do equipamento.

 

comparação de imagems

 

Além disso, o caso não se restringe apenas a smartphones. A marca também vendia algumas capas para os seus dispositivos, que estão à venda na Amazon como sendo destinadas a dispositivos Xiaomi.

 

Esta situação até poderia ser ponderada, caso a Zetta tivesse estabelecido algum tipo de parceria com a Xiaomi. No entanto, em comunicado, a Xiaomi já respondeu ao caso, alegando que não possui qualquer relação com a marca espanhola.

A empresa também obtinha uma vasta margem de lucro. Como exemplo, um Xiaomi Redmi 2, que se encontra à venda por cerca de 90 euros, era vendido pela Zetta como sendo o Conquistador 4.7 SE por 185 euros. Similar, o Xiaomi Redmi Note 2, que é vendido por 160 euros, era revendido como sendo Zetta Conquistador 5.5 Plus por 235 euros.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech