1. TugaTech » Software » Análises, Dicas e Artigos sobre Software

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

ccleaner

 

Recentemente o Ccleaner esteve em destaque pelas piores razões, após ter sido descoberto que estaria a distribuir malware sobre os sistemas onde se encontrava instalado. O software de limpeza foi alvo de um ataque, no qual estaria a ser introduzido código malicioso no programa de instalação, e o qual era posteriormente instalado nos sistemas dos utilizadores.

 

Apesar de a falha ter sido confirmada, e o problema resolvido nas mais recentes versões do software, quem tenha instalado uma das versões infetadas ainda poderá encontrar-se com vestígios do mesmo no sistema. O malware encontrava-se nas seguintes versões:

 

  • CCleaner 32-bit - v5.33.6162
  • CCleaner cloud - v1.07.3191

 

Apesar da versão de 64 bits não ser referida oficialmente como infetada, vários relatos apontam a existência do malware também na mesma.

 

Para verificar se o seu sistema foi infectado, poderá aceder ao registo do Windows (através da pesquisa de “regedit” no menu inicial do Windows) e aceder à seguinte chave:

 

  • HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Piriform\Agomo

 

Caso a entrada “Agomo” exista, será recomendado que remova a mesma. É igualmente recomendado que realize o upgrade do Ccleaner para as versões mais recentes “limpas” e proceda com a verificação do sistema por malware, com um antivírus atualizado.

 

Para os mais preocupados com possíveis alterações realizadas no sistema, a única forma de garantir total segurança do sistema será restaurar o registo ou os dados para uma data anterior à de Agosto de 2017. Este processo é mais rapidamente realizado com a reinstalação completa do sistema operativo.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech