1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

audio messenger facebook

 

Muitas empresas utilizam sistemas de reconhecimento de áudio que converte o som em texto, útil para certos serviços – como é o caso de assistentes virtuais. No entanto, o Facebook pode estar a realizar algo similar com o áudio que é enviado dentro das conversas no Messenger.

 

De acordo com o portal Bloomberg, o Facebook tem fornecido a empresas externas acesso a algumas mensagens de áudio enviadas pelo Messenger, com vista a melhorar um sistema interno de transcrição de áudio em texto.

O conteúdo destas mensagens poderia ser bastante disperso, sendo que nem mesmo os funcionários destas entidades externas teriam conhecimento da origem das mesmas. Para estes, o trabalho apenas seria converter o que era dito no áudio em texto, de forma a melhorar a identificação de conteúdos para uma entidade externa – que seria, neste caso, o Facebook.

 

A transcrição seria depois utilizada pelo Facebook para melhorar os seus sistemas internos de conversão de áudio em texto, baseados em Inteligência Artificial.

 

Este sistema de transcrição de áudio para texto dentro do Messenger não é algo novo. Desde 2015 que a funcionalidade se encontra disponível para os utilizadores. A política de privacidade da empresa também prevê que, ao ser ativado este sistema, as mensagens de áudio poderiam ser analisadas, mas não apontam nada sobre estes conteúdos serem fornecidos a terceiros.

 

Em causa encontra-se também o facto de as mensagens de áudio enviadas pelos outros intervenientes na conversa também serem analisadas, não apenas as do utilizador que realmente utiliza a funcionalidade. Os funcionários que realizaram a transcrição dos conteúdos não teriam conhecimento da origem das mensagens, mas algumas das mesmas poderiam conter informações pessoais ou privadas, as quais poderiam permitir a identificação dos utilizadores que as enviaram.

 

facebook smartphone

 

Entretanto o Facebook já terá suspendido o fornecimento de áudio a terceiros, sendo que a funcionalidade continua ativa na normalidade para quem a utilize.

 

O Facebook não é a única empresa que realiza esta atividade. Recentemente a Amazon, Google e Apple também foram acusadas de facultarem algumas gravações de áudio de plataformas como o Google Assistente e Siri para terceiros com vista a transcreverem os conteúdos das mesmas.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech