1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

deep fake vídeos

 

Os vídeos deepfake têm vindo a ser uma tendência cada vez mais crescente pela Internet, mas parece que existe um conjunto de vídeos onde este tema se destaca.

 

De acordo com um estudo realizado pela empresa Deeptrace, 96% dos vídeos deepfake na Internet têm como origem pornografia. Estes vídeos encontram-se disponíveis em várias plataformas publicas online, sendo que a grande maioria dizem respeito a celebridades reconhecidas internacionalmente e com mais de 100 milhões de visualizações.

Danielle Citron da Universidade de Boston afirma que a tecnologia utilizada para criar vídeos Deepfake está a ser utilizada de forma massiva contra o publico feminino, sobretudo para celebridades mundiais.

 

A investigadora afirma ainda que este género de conteúdos é extremamente prejudicial para as mulheres. O simples facto de estas terem um conjunto de fotografias na Internet é possível que as mesmas sejam aproveitadas para criar vídeos deepfake no mais variado contexto, podendo trazer consigo consequências pessoais e profissionais.

 

O fenómeno deepfake, no entanto, parece longe de ser possível de se controlar. Com poucos recursos é, nos dias de hoje, possível criar vídeos bastante convincentes mas que são inteiramente falsos. Um dos exemplos disso mesmo encontra-se numa publicação do ator Jordan Peele, onde conjugando uma voz similar à de Barack Obama, e juntando a tecnologia Deepfake, é possível criar algo como se fosse bastante aproximado da realidade.

 

 

Cabe aos utilizadores terem atenção à fonte dos conteúdos dos vídeos e à sua analise. Apesar da evolução da tecnologia, esta ainda se encontra longe de ser perfeita, com os vídeos Deepfake a contarem ainda com pequenas imperfeições e falhas que os denunciam.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech