1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

dinheiro rede

 

Um ex-executivo de uma grande empresa de tecnologia foi recentemente detido pelas autoridades depois de ter roubado a empresa onde trabalhava em mais de 6 milhões de dólares. Curiosamente, o suspeito foi detido por culpa de um simples ficheiro do Word.

 

Hicham Kabbaj, de 48 anos, trabalhava como administrador de sistemas numa empresa de tecnologia, e foi recentemente detido pelas autoridades depois de se ter declarado como culpado por roubar vários fundos da empresa, estando agora sobre uma possível pena de prisão até 20 anos.

 

O ex-executivo foi detido no dia 4 de Setembro de 2019, depois de ter sido descoberto que estaria a criar falsas faturas em nome de outra empresa falsa que estava sobre o seu controlo, e na qual os documentos eram enviados para a empresa onde este trabalhava como parte de “serviços falsos” fornecidos à mesma.

 

Aproveitando a sua posição como Administrador de sistemas da empresa onde trabalhava, Hicham Kabbaj terá começado a enviar faturas de vários serviços sobre a empresa-fantasma que tinha criado, sendo os mesmo endereçados para a entidade onde este se encontrava. Os pagamentos realizados sobre estes supostos serviços eram todos diretamente enviados para os bolsos de Kabbaj.

Uma vez que Kabbaj era o responsável pela gestão dos servidores da entidade, este teria a capacidade para mascarar os pagamentos e enviar os documentos para diferentes entidades dentro da empresa, nomeadamente o setor financeiro, de forma a realizar os pagamentos finais.

 

No entanto, Kabbaj acabaria por ser detido devido aos próprios documentos falso que estaria a enviar. Através da analise dos metadados dos ficheiros Word foi possível chegar-se à conclusão que as faturas estariam a ser criadas pelo próprio Kabbaj, uma vez que esta identificação surgia nos dados dos documentos do Word. As autoridades seguiram o rasto dos documentos até ao ex-executivo, que acabaria por confessar o crime.

 

No final, Kabbaj terá roubado mais de 6 milhões de dólares à empresa onde trabalhava.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech