1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Tesla veículo monitor interno

 

Uma das grandes vantagens dos veículos da Tesla é, sem dúvida, o seu sistema de condução autónoma. Este permite que os condutores relaxem um pouco enquanto o carro praticamente que conduz sozinho, analisando todo o ambiente em redor e em tempo real.

 

No entanto, nem todos os sistemas são perfeitos, e até mesmo um sistema da Tesla pode ser facilmente enganado com uma simples fita cola preta. A empresa de segurança McAfee revelou como é possível enganar o sistema de condução autónoma do Tesla S e X produzidos entre 2014 e 2016, ambos disponíveis com as câmaras MobilEye EyeQ3.

O sistema Speed Assist permite a esta câmara analisar os sinais de transito, como forma de verificar a velocidade máxima a que o veiculo poderá conduzir dentro de uma determinada zona. No entanto, com uma pequena alteração nos sinais, é possível adulterar o valor lido por este sensor.

 

Utilizando uma placa de velocidade de 35 milhas por hora, e colocando um simples pedaço de fita cola perna na parte intermédia do número “3”, é possível enganar o sistema para que este leia a velocidade do sinal como sendo de “85”. Ou seja, um valor consideravelmente superior ao que é permitido nas zonas com este sinal de transito – passando de aproximadamente 56 Km/h para mais de 140 Km/h.

 

 

No entanto, esta falha apenas pode ser explorada em sistemas que tenham versões antigas das câmaras MobilEye. Nos modelos Tesla mais recentes o sistema já não é tão facilmente enganado, e ignora simplesmente a fita cola aplicada.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech