1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Facebook ads

 

Enquanto que plataformas como o Twitter tem vindo a implementar medidas para limitar a partilha de discurso de ódio e desinformação na sua plataforma, o Facebook tem vindo a ser alvo de criticas pela falta de ações neste sentido. O que começou por criticas da comunidade e dos próprios funcionários da rede social, agora parece também afetar a parte dos anunciantes.

 

De acordo com o WSJ, várias empresas de renome juntaram-se um boicote publicitário ao Facebook devido à sua falta de reação sobre os recentes casos que tem vindo a ser registados de abusos e ofensas.

Nomes como das empresas Ben & Jerry’s já deixaram claro que irão suspender as suas publicidades na rede social devido à falta de ação da mesma no combate ao discurso de ódio e abusos. A Verizon foi outra das marcas visadas neste boicote, e que retirou recentemente todas as suas campanhas nos EUA sobre o Facebook.

 

Outras empresas vão ainda mais longe. A Viber, criadora da app sobre o mesmo nome, refere que irá deixar de utilizar todos os serviços que são fornecidos pelo Facebook por completo, o que inclui as ligações ao Facebook SDK nas suas apps e a várias funcionalidades da rede social – como o Login pelo Facebook.

 

O Facebook ainda não se pronunciou oficialmente sobre estes boicotes, no entanto a plataforma tem vindo a referir que está a trabalhar para melhorar os sistemas de filtragem de conteúdos prejudiciais na plataforma. Enquanto que serviços como o Twitter possuem a capacidade de restringir a visualização de conteúdos de ódio em contas de elevado perfil – como as medidas aplicadas recentemente ao presidente dos EUA Donald Trump – o Facebook não possui este género de limitações, e opta por manter as mensagens ativas na maioria dos casos ou por eliminar as mesmas.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech