1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

TikTok

 

Numa altura em que o TikTok ainda não se encontra livre de um possível bloqueio nos EUA, a empresa encontra-se agora a tentar defender sobre como os dados dos utilizadores estão localizados fora da sede da empresa na China, algo que o governo de Trump tinha vindo a alegar como uma das causas para o bloqueio.

 

O Departamento de Comercio dos EUA alegou recentemente que os dados dos utilizadores do TikTok não teriam distinção dos dados existentes para a app “Douyin”, a versão chinesa do TikTok, também pertencente à Bytedance.

De acordo com as autoridades, os dados dos utilizadores nos EUA ainda se encontrariam em sistemas localizados na China, o que iria contra as leis aplicáveis no continente. No entanto, a rede social refere que isso não vai de encontro ao que realmente acontece.

 

Roland Cloutier, chefe de segurança do TikTok, refere que as declarações do Departamento de Comércio dos EUA são incorretas, e que os dados dos utilizadores norte-americanos não se encontram a ser armazenados na China.

Apesar de alguns componentes do TikTok ainda serem partilhados com a ByteDance, e com alguns sistemas localizados na China, os dados dos utilizadores da aplicação não se encontram neste pais, e estão localizados em sistemas distribuídos por todo o continente americano e Europeu.

 

O executivo refere ainda que os dados do TikTok estão inteiramente separados da aplicação Douyin, e que não existe partilha de informação entre as duas plataformas – mesmo que no final sejam a mesma e da mesma entidade, os dados de cada uma são associados a mercados diferentes.

 

Cloutier também afirma que as autoridades norte-americanas classificaram incorretamente os sistemas onde se encontram os dados da empresa e dos utilizadores, afirmando que os mesmos estão associados com a entidade Alibaba Cloud em Singapura e na China. No entanto, Cloutier afirma que a empresa opera os seus próprios servidores, e considera que a partilha de informação falsa neste sentido é um “risco sério” para a empresa.

 

Quando o TikTok necessita de alugar servidores a outras entidades, isso não quer dizer que a empresa em questão tenha acesso a essa informação. Os dados presentes nos servidores encontram-se encriptados, pelo que não existe possibilidade de terceiros acederem aos conteúdos ou à informação do TikTok. Além disso, essa informação é também distribuída por diversos servidores, pelo que mesmo acedendo aos dados de um sistema, ainda seria necessário aceder a todas as outras partes em servidores diferentes.

 

De relembrar que se encontra prevista uma audição junto das autoridades norte-americanas para o dia 4 de Novembro, altura em que se irá decidir se o TikTok vai realmente ser banido ou não do continente.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech