1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Facebook meta

 

De acordo com os dados mais recentes revelados pela Meta, cerca de 50.000 utilizadores em mais de 100 países diferentes podem ter sido alvo de vigilância contratada por empresas privadas nas suas contas do Facebook.

 

A informação foi publicada sobre o blog da empresa, após uma investigação interna realizada pela mesma sobre casos de “Vigilância por contrato”, onde alvos específicos são alvo de vigilância por entidades contratadas de forma profissional para o efeito.

 

A rede social revela que terá desativado o acesso a pelo menos sete entidades que forneciam este género de serviços dentro da plataforma, as quais estariam sediadas na China, Israel, Índia e Macedónia. A maioria das entidades realizava a vigilância a pedido de governos locais ou das autoridades, e na maioria era contra jornalistas, opositores do regime local ou ativistas.

 

A Meta afirma que todos os utilizadores afetados foram prontamente notificados e que as entidades que realizaram a atividade terão recebido uma notificação da plataforma para cessarem qualquer processo pendente ou poderão ser aplicadas medidas judiciais.

 

Este é mais um exemplo de casos onde autoridades externas estão a usar serviços como o Facebook para manterem um histórico ou monitorização apertada dos utilizadores de interesse para os mais variados fins, e surge depois de casos como o spyware de espionagem da NSO Group, que terá analisado as conversas de centenas de utilizadores no WhatsApp em 2019.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech