1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

logo do whatsapp

 

A Meta confirmou que vai avançar com um processo nos tribunais contra várias entidades chinesas, responsáveis pela criação de apps que tinham como objetivo roubar contas do WhatsApp dos utilizadores.

 

As empresas, sobre o nome de HeyMods, Highlight Mobi e HeyWhatsApp, eram responsáveis por desenvolver uma versão “não oficial” do WhatsApp, que prometia mais funcionalidades para a plataforma, mas ao mesmo tempo roubava as contas dos utilizadores. Estima-se que a app terá sido usada para roubar mais de um milhão de contas desde Maio de 2022.

 

Segundo a Meta, as aplicações estavam disponíveis para download sobre os sites destas empresas chinesas, bem como pela própria Google Play Store e várias lojas alternativas, como a APK Pure, APKSFree, iDescargar e Malavida.

 

Uma vez instaladas, as aplicações procediam com a instalação de malware nos dispositivos, que teriam como objetivo recolher informação pessoal das vítimas, incluindo dados de login das contas do WhatsApp. Estas apps podiam mesmo pedir para as vítimas introduzirem os seus dados de login em janelas não oficiais, na promessa de levarem os utilizadores para as versões modificadas da plataforma.

 

As contas roubadas eram depois usadas para os mais variados fins, mas na maioria dos casos seria para levar ao envio de spam a sites de casinos online e de outras plataformas similares.

 

Face a esta situação, a Meta confirmou que vai avançar para os tribunais, alegadamente por estas entidades terem violado os termos do WhatsApp e os termos dedicados para programadores da Meta.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech