1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.


Numa monção apresentada em Tribunal, a Apple pretende que a Samsung seja sancionada por ter divulgado à imprensa documentos com provas que foram excluídas do processo de patentes a decorrer entre as empresas.

O pedido, apresentado no tribunal norte-americano onde arrancou esta semana mais um importante processo entre as empresas, refere-se a diversos documentos que foram excluídos do caso e que a Samsung terá divulgado junto da imprensa.

Citados pelo portal ComputerWorld, os advogados da Apple referem que «esta tentativa deliberada de influenciar o julgamento com provas não admitidas é não só imprópria, mas também não ética», sublinhando ainda que é necessário aplicar «sanções e outras medidas que possam ser apropriadas».

Os documentos, apesar de terem sido rejeitados pela juíza encarregue pelo caso, levaram a fortes críticas por parte da Apple, que alega que ao tornar públicos os mesmos poderão estar a ser influenciadas as decisões do grupo de jurados do caso.

Em defesa, a Samsung alega que «as provas excluídas iriam provar além de qualquer dúvida que a Samsung não copiou o design do iPhone», sublinhando que «a exclusão pela juíza de provas sobre a criação independente significa que mesmo que a Apple esteja autorizada a argumentar de forma imprecisa com o júri que o F700 era uma cópia do iPhone, a Samsung não teve permissão para contar a história completa».







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech