1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Logo do Youtube com sinal de cancelamento

 

A equipa Threat Analysis Group (TAG) da Google revelou os seus mais recentes dados sobre as suas atividades, nomeadamente sobre campanhas de desinformação e esquemas que foram controlados pelo grupo durante o segundo trimestre de 2023.

 

De acordo com o relatório, em Abril, Maio e Junho, a equipa removeu um total de 21.700 vídeos do YouTube, que estariam a ser usados para diversas campanhas de desinformação em países como a China, Rússia, Lituânia, Ucrânia, entre outros.

Como parte desta medida foram ainda removidas várias contas do Google Ads, bem como publicações e sites completos do Blogger.

 

Este valor representa, no entanto, um crescimento face aos dados registados durante o primeiro trimestre do ano. Em Janeiro, Fevereiro e Março o grupo tomou iniciativa contra 20,126 canais do YouTube, que propagavam vídeos neste formato.

 

A Google TAG afirma que obteve informações sobre as campanhas com a ajuda de plataformas como a Graphika e o LinkedIn.

 

Ao mesmo tempo, foram ainda revelados detalhes sobre atividades de ataques zero-day, que o grupo também regista desde 2014. Comparativamente aos anos anteriores, em 2022 foram verificados menos casos de ataques a explorarem falhas zero-day – mas a ter em conta que os dados apenas dizem respeito ao ano passado, e ainda não existem informações sobre 2023.

 

Desde o início do ano, várias empresas lançaram correções importantes para falhas zero-day que foram descobertas, portanto, é possível que os valores aumentem este ano.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech