1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.


Os recentes ataques que os servidores da WikiLeaks têm vindo a ser alvo foram agora reivindicados por um grupo opositor a Julian Assange, auto-denominado AntiLeaks, que declara ser contra o pedido de asilo feito pelo criador da WikiLeaks.

A reivindicação foi colocada online pelo grupo AntiLeaks, onde o mesmo diz ser formado por «jovens adultos, cidadãos dos EUA e profundamente preocupados com os recentes desenvolvimentos de Julian Assange e o seu pedido de asilo ao Equador».

O responsável máximo do AntiLeaks, que prefere ser chamado de Diet Pepsi, revela que «Assange é o líder de uma nova forma de terroristas. Estamos a fazer isto em protesto contra a sua tentativa de escapar à Justiça [indo] para o Equador. Isto seria um catalisador para muitos como ele surgirem no seu lugar. Não vamos parar e eles não nos vão parar», segundo cita o jornal SOL.

Por sua vez, a WikiLeaks respondeu ao grupo, via Twitter, onde afirma que os ataques «não só têm como objectivo evitar a divulgação de segredos, mas também manter um monopólio sobre a influência». Outro grupo que já prometeu represálias contra o AntiLeaks foi o grupo Anonymous.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech