1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Twitter com fundo de ads

 

O Twitter pode estar com grandes problemas para as receitas do futuro, com cada vez mais anunciantes a deixarem de usar a plataforma para as suas campanhas. E agora, mais uma grande empresa no meio veio deixar a sua posição face à situação atual.

 

A empresa GroupM, uma das maiores empresas de publicidade no mundo – e uma das maiores anunciantes no Twitter – alegadamente encontra-se a alertar os seus clientes que investirem no Twitter será um grande risco.

De acordo com o portal Platformer, a empresa terá começado a notificar os seus clientes, alertando que investirem em publicidade sobre o Twitter deverá agora ser considerada uma medida de alto risco, que pode ter consequências para a marca ou para os fundos que ai forem colocados.

 

Esta entidade junta-se assim a outros grandes nomes, como a IPC e Omnicom Media Group, que também se encontram a aconselhar os seus clientes a não investirem na publicidade do Twitter.

 

A GroupM, no entanto, será importante, uma vez que é considerada uma das maiores agências de publicidade do mundo, e representa marcas como a Google, L'Oreal, Bayer, Nestle, Unilever, Coke e Mars, entre outras.

 

Para a empresa, existem várias situações desde a tomada de posse de Elon Musk que levam a esta decisão. Entre as mesmas encontram-se as constantes saídas de executivos da empresa, bem como as recentes medidas para com os funcionários, e juntando ainda todas as complicações que foram verificadas a nível das contas verificadas e dos problemas com contas falsas dai associadas.

 

Alegadamente, um dos documentos da empresa indicava quais algumas das medidas que esta pretendia ver aplicadas pelo Twitter para que este fosse considerado uma plataforma segura para investimento. Entre as medidas encontra-se o retorno dos níveis de filtragem para conteúdos NSFW, bem como melhorias a nível da privacidade e segurança, junto com transparência sobre o que a empresa pretende realizar a nível da segurança dos utilizadores e das marcas.

 

Estas medidas que a empresa pretende não serão de todo inesperadas, e a grande maioria foca-se em evitar que a publicidade a uma empresa possa surgir associada com conteúdos potencialmente nocivos para os utilizadores ou enganadores – algo que certamente nenhuma empresa irá pretender.

 

De relembrar que Elon Musk tinha ideias de fazer com que o Twitter dependesse tanto das marcas e da publicidade direta para as suas receitas, e a aposta no Twitter Blue era exatamente uma das medidas para isso. No entanto, independentemente disso, a plataforma ainda continua a manter uma necessidade elevada destes anunciantes.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech