1. TugaTech » Hardware » Noticias de Hardware

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.



O que aconteceria se um MacBook fosse ao encontro de um iPad? perguntou Steve Jobs antes de introduzir a novidade do dia, na conferência de imprensa que a empresa acaba de dar nos Estados Unidos. A resposta à pergunta é, como já se antecipava, uma nova geração do MacBook Air, que a empresa define como um dos produtos mais "fantásticos" da sua história.

O novo Air tem na verdade duas versões que partilham grande parte das especificações e a aposta num design de corpo unitário, como a Apple já tinha feito para o MacBook Pro.

Na versão de 13,3 polegadas, o ecrã LED oferece 1440 x 900 pixéis, processador Core 2 Duo, gráficos Nvidia GeForce 320m e, claro está, câmara para videoconferência através do FaceTime. A memória passa a Flash (como no iPad) o que, segundo a empresa, tem um forte impacto na rapidez de arranque do dispositivo e no ruído de funcionamento (que reduz em 90 por cento). Este novo Air custa 1.299 euros na versão de 128 GB e 1.599 euros na versão de 256 GB, ambas com processador a 1.86 GHz.

A empresa lança também uma versão de 11,6 polegadas do equipamento, mais leve e mais pequena. As especificações são basicamente as mesmas (a memória de 2 GB, incluida) mas há algumas diferenças, por exemplo, ao nível da resolução de ecrã, que é neste caso de 1366 x 768 pixéis. Neste caso os preços variam entre 999 e 1.149 euros, para um espaço de armazenamento de 64 ou 128 GB, em ambos os casos com processador a 1.4 GHz. Os vários modelos estão à venda já a partir de hoje.

A apresentação também serviu para mostrar a nova versão do MAC SO, designada Lion, que ficará disponível no Verão de 2011. O suporte para ecrã táctil que poderia prever-se continua a ficar de fora porque a empresa não acredita na atractividade da opção para este tipo de dispositivos. Toque só na horizontal, no trackpad. Outra novidade é uma nova App Store.

A loja será um misto de aplicações pagas e gratuitas com instalação e updates automáticos e todas as aplicações descarregadas podem ser usadas nos vários Macs de um mesmo utilizador. Para os programadores das aplicações que alimentarão a loja irão 70 por cento das receitas geradas e para a Apple 30 por cento.

Como explicou Jobs na apresentação esta novidade não vai esperar pelo Lion e fica disponível antes da nova versão do sistema operativo. Assim, os utilizadores do Snow Leopard terão acesso à novidade daqui a 90 dias, a contar da data de hoje. Os programadores podem começar a submeter aplicações já a partir de Novembro.

Apple anunciou ainda uma nova versão do iLife. A versão 11, disponível a partir de hoje, tem acesso gratuito para quem compre um novo Mac e um custo de actualização de 49 dólares para utilizadores actuais.

O FaceTime também teve lugar de destaque no evento. De acordo com números da empresa, a tecnologia de videoconferência está presente em 19 milhões de equipamentos vendidos pela fabricante nos últimos quatro meses. A informação serviu para introduzir outra novidade: a tecnologia passa a estar disponível agora também para Mac.

Os utilizadores só têm de ir à agenda de contactos escolher um nome e iniciar a videochamada, esteja o destinatário noutro Mac, num iPhone ou iPod Touch. A versão beta do FaceTime para Mac também está disponível a partir de hoje no site da fabricante.

Sapo TEK







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech