1. TugaTech » Hardware » Noticias de Hardware

Siga-nos

Apple iPhone

 

O HDR pode melhorar consideravelmente a qualidade das cores em vários conteúdos online, e o Instagram é uma das plataformas que suporta este género de conteúdos. Empresas como a Apple e a Samsung têm vindo cada vez mais a integrar novas tecnologias de HDR – até para conteúdos gravados pelos dispositivos.

 

Hoje em dia não é difícil de se gravar um conteúdo com HDR ativo, a partir de um simples smartphone. No entanto, existe ainda um problema, sobretudo quando esses conteúdos são gravados e partilhados em plataformas sociais como o Instagram.

 

Em muitos dos casos, e para a grande maioria dos utilizadores, gravação em HDR não é propriamente um requisito necessário – de todo. Afinal de contas, não é necessário usar HDR para gravar um simples vídeo caseiro. Mas a maioria dos utilizadores, tendo essa opção disponível nos seus smartphones, vão ativar a mesma – afinal de contas, se melhora o conteúdo, compensa não ativar?

 

No entanto, existe um pequeno problema quando esses conteúdos são partilhados em plataformas como o Instagram – e que afeta sobretudo que tenham iPhones. Os dispositivos da Apple permitem reproduzir conteúdos HDR, só que, quando esses conteúdos são iniciados, o brilho do ecrã é automaticamente aumentado para valores elevados – de forma a tirar proveito do HDR.

 

Isto é aplicado independentemente da configuração que se encontre para a luminosidade do ecrã nas definições do sistema. E é aqui que as redes sociais entram para a confusão: os vídeos partilhados em plataformas sociais com suporte a HDR mantêm essa configuração, o que faz com que os dispositivos tenham de aumentar automaticamente o brilho para os reproduzir.

 

Ou seja, imagine que está a navegar pelo Instagram, e passa por um Reels que foi gravado com HDR ativo. O ecrã do iPhone vai automaticamente aumentar o brilho quase para o máximo, independentemente das configurações aplicadas. Veja-se o exemplo de um recente clip do The Rock, que foi partilhado no Instagram, mas capturado originalmente com o HDR ativo - e que causa exatamente este problema.

 

Isto tem vindo a tornar-se cada vez mais vulgar agora que também começam a surgir cada vez mais dispositivos capazes de gravar – e reproduzir – conteúdos em HDR. E certamente que é um incómodo para que tenha tendência a usar os seus dispositivos em baixos níveis de luminosidade – principalmente durante a noite.

 

Infelizmente a Apple não permite que este funcionamento do brilho do ecrã seja retirado, nem que seja removida a possibilidade de reprodução de conteúdos HDR. Mas da próxima vez que estiver a navegar pelo Instagram, e subitamente o brilho do ecrã for para os máximos possíveis, agora sabe o motivo.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech