1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

parques eólicos com ventoinhas em funcionamento

 

A DeepMind, uma empresa criada pela Google e que desenvolver as principais tecnologias de Inteligência Artificial da empresa, revelou ter desenvolvido um novo software capaz de utilizar algoritmos em machine learning para ajudar a prever a produção energética num parque eólico.

 

Em meados de 2018 a Google revelou que a empresa funcionava a 100% sobre energia renovável, pelo menos nos EUA, onde estão localizados a grande maioria dos datacenters da mesma. Para tal, a empresa aposta fortemente em parques de energia eólica para alimentar os milhares de servidores espalhados no continente.

 

Com o novo software da DeepMind, a empresa pretende assim calcular de forma mais eficaz quanta energia irá ser gerada sobre um determinado parque, para poder distribuir a mesma sobre o melhor local – reduzindo custos e aumentando a eficiência.

A grande maioria dos parques eólicos possuem dificuldade em analisar qual a energia que irá ser criada no mesmo, com vista a distribuir a mesma sobre armazenamento ou utilização imediata, uma vez que o vento é uma origem imprevisível. Com a ajuda deste programa, a distribuição seria mais eficaz para a empresa.

 

Os testes iniciais apontam que o mesmo levou a um aumento de 20% na eficiência energética dos campos eólicos. Apesar de parecer um valor reduzido, ainda assim é bastante promissor para um software que ainda se encontra em desenvolvimento, e tendo como base toda a energia que é desperdiçada nestes parques, é sem dúvida um grande investimento para a empresa com boas promessas para o futuro.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech