1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Starlink logo em satélites

 

Os utilizadores da Starlink irão brevemente começar a sentir alguns limites, tendo em conta a nova política de utilização de dados da plataforma.

 

De acordo com os novos termos da empresa, a partir de dezembro de 2022, os utilizadores que usem mais do que 1TB de dados em formato "Priority Acces", durante períodos de horas de pico, terão a velocidade das suas ligações limitadas consideravelmente.

Esta nova medida faz parte de uma nova politica de utilização aceitável dos serviços da empresa, e vai aplicar-se inicialmente para os EUA e Canadá, mas eventualmente chegará a todos os locais onde o Starlink se encontra.

 

De notar que os dados considerados dentro do "Priority Access" serão todos os que são processados entre o período das 7 da manhã e 11 da noite. Se os utilizadores usarem mais do que 1 TB por mês neste período, terão as suas velocidades reduzidas até ao início do mês seguinte. Segundo a Starlink, atualmente 10% dos utilizadores do serviço excedem este valor.

 

Quem ultrapassar o limite será colocado no formato "Basic Access", que conta com velocidades mais reduzida e uma latência mais elevada, tendo em conta que o tráfego gerado terá menos prioridade sobre a rede.

 

Quem pretenda mais tráfego depois de 1TB no "Priority Access" poderá comprar o mesmo por 25 cêntimos por cada GB de dados.

 

A Starlink afirma ainda que a largura de banda é uma característica com limites, que poderá crescer conforme mais satélites venham a fazer parte da rede, mas ao mesmo tempo encontra-se limitada pelo número de utilizadores que a plataforma possui. E nos últimos meses, com a expansão do serviço para mais países, o número de utilizadores na mesma tem vindo também a aumentar.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech