1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Apple store no interior

 

Um jovem de 18 anos apresentou um novo processo contra a Apple em Nova Iorque, depois de ter sido detido pelas autoridades em engano e derivado de uma falha no reconhecimento facial dos dispositivos da Apple.

 

O jovem afirma que foi detido por suspeita de roubo em várias Apple Stores, e que o seu nome esteve ligado incorretamente ao verdadeiro ladrão. Ousmane Bah afirma que a Apple permitiu que a sua identidade fosse associada ao verdadeiro ladrão através de um cartão de professor que lhe tinha sido roubado alguns dias antes.

 

Ousmane Bah é professor numa escola, sendo que o seu cartão de registo foi roubado e não possuía nenhuma foto identificativa. O suposto ladrão teria aproveitado este cartão para utilizar os dados de Bah e, desta forma, levar a cabo diversos roubos nas lojas da Apple.

Uma grande parte da reclamação de Bah encontra-se na forma como a Apple gere o sistema de vigilância das suas lojas e como permitiu que o verdadeiro ladrão utilizasse o seu nome sem forma de validar se este era realmente o da pessoa por detrás do caso.

 

O caso torna-se ainda mais estranho quando Ousmane Bah afirma pretender uma indemnização de quase mil milhões de dólares da Apple, pelos danos causados pela falsa identificação dos roubos.

 

Tanto a Apple como a empresa “Security Industry Specialists Inc”, responsável pela segurança das lojas Apple nos EUA, deixaram qualquer comentário acerca deste caso. Não é incomum utilizadores tentarem aproveitar-se do máximo de falhas legais possíveis para obterem dinheiro de grandes empresas mundiais.

 

Seja como for, o caso ainda se encontra em investigação e as autoridades irão certamente averiguar o desenrolar do mesmo.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech