1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Huawei logo

 

Durante uma conferencia de imprensa, o presidente dos EUA, Donald Trump, revelou que o bloqueio aplicado sobre a Huawei e a capacidade desta realizar negócios com entidades dos EUA será oficialmente terminado.

 

Esta medida surge apenas algumas semanas depois de a Huawei ter sido banida de negociações com entidades dos EUA, por o governo considerar a empresa uma possível ameaça para a segurança nacional do pais.

A poucos dias de iniciar a conferencia G20, Trump revelou que as empresas dos EUA podem vender os seus equipamentos à Huawei, embora não tenha ido em mais detalhes sobre esta frase.

 

Trump refere ainda que as empresas podem realizar negócios com a Huawei, desde que os equipamentos em questão não coloquem em risco a segurança nacional dos EUA. Isto indica que empresas como a Google, Qualcomm e ARM podem continuar a realizar negociações com a fabricante chinesa.

 

Nas suas declarações, Donald Trump não aprofundou muitos detalhes sobre as permissões que a empresa passa novamente a ter no mercado, mas tudo leva a crer que o bloqueio anteriormente aplicado tenha sido levantado pelo presidente dos EUA.

 

> Huawei ainda se encontra na lista de bloqueio

 

É importante sublinhar que, apesar das declarações de Trump no evento, a fabricante chinesa ainda se encontra na lista de bloqueio de forma oficial. Ou seja, o presidente pode ter prestado as declarações publicamente, mas a confirmação oficial ainda se encontra pendente, com as autoridades dos EUA e da China em discussões para o tratamento destes pontos.

 

CEO da Huawei

 

O presidente afirma ainda que, apesar de ser permitida as negociações com a Huawei, esta ainda possui um risco de segurança nacional segundo a visão do governo. No entanto, os EUA e a China parecem ter chegado a um acordo sobre a guerra comercial quer se faz sentir entre os dois países, de forma a que a Huawei possa continuar a operar no pais tal como antigamente.

 

> Danos foram causados...

 

A Huawei estava preparada para um potencial bloqueio das negociações, tanto que a própria afirmou ter stock de componentes para um período de três meses, que iriam garantir a produção de dispositivos mesmo que fosse impossível realizar a compra dos mesmos.

 

No entanto, o bloqueio ainda terá causados prejuízos à empresa. De acordo com as estimativas da mesma, os lucros de 2019 devem cair em cerca de 30 mil milhões de dólares derivado do bloqueio aplicado. Mesmo que o bloqueio venha a ser levantado oficialmente nos próximos dias, este ainda terá causado um grande buraco financeiro na empresa.

 

Para os donos de dispositivos da Huawei, chega assim a confirmação que a empresa irá continuar a manter os serviços Google a funcionar na normalidade sobre futuros dispositivos, bem como das atualizações do Android que venham a ser fornecidas.

Fica, no entanto, pendente o possível desenvolvimento e lançamento do sistema operativo dedicado da empresa – que era visto como uma alternativa ao Android e poderia vir a ter consequências no mercado dos dispositivos móveis.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech