1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

linha de montagem de hardware

 

Depois de todos os problemas que aconteceram com a Huawei e sobre o governo dos EUA, muitas empresas começam agora a mudar a produção dos seus produtos para fora de países asiáticos.

 

De acordo com o portal New York Times, nomes como a HP, Dell, Microsoft e Amazon fazem parte das empresas que começaram a responder à guerra comercial entre a China e os EUA, e poderão começar a transferir a produção de muitos dos seus componentes para outros países.

De relembrar que, em Maio de 2019, o governo de Donald Trump aplicou uma taxa de 25% sobre todas as importações realizadas da China, o que eleva consideravelmente os custos de produção para as empresas – que até agora aproveitavam os custos reduzidos do pais para produzirem componentes e serviços em massa.

 

Apesar de muitas empresas relacionadas com o ramo da tecnologia terem-se mantido ativas na produção na China, a longo prazo isso pode vir a mudar. Conforme os custos vão aumentando, as empresas podem começar a procurar alternativas à produção na China e começar a transferir estas atividades para outros locais – que podem não ser propriamente nos EUA, como o governo de Trump pretenderia.

 

Apple, Google e Nintendo são outros nomes que, recentemente, também começaram a mudar a produção da China para os EUA ou os seus países natais, como forma de evitar esta taxa. Na Apple estima-se que 30% da produção tenha sido relocalizada para outros países.

 

Os custos deste aumento da taxa podem ser verificados em duas frentes: para as empresas, que passam a ter um custo mais acrescido na fase de produção e importação dos seus produtos para os EUA, e a nível dos consumidores, que podem vir a ter de suportar alguns dos custos mais elevados da produção devido a esta taxa.

 

A medida do governo de Donald Trump foi bastante criticada na altura e aumenta consideravelmente a já ténue relação comercial entre os EUA e a China. Recentemente as relações ficaram ainda mais tensas com o bloqueio da Huawei – empresa chinesa – de realizar negócios com entidades nos EUA.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech