1. TugaTech » Hardware » Noticias de Hardware

Siga-nos

Xiaomi mi 11

 

Depois de muitos rumores, eis que a Xiaomi revelou oficialmente o novo Mi 11, o primeiro dispositivo a chegar ao mercado com o novo chip Qualcomm Snapdragon 888.

 

Segundo a empresa, o Mi 11 vai chegar apenas numa versão “standard”, sem o tradicional Pro como aconteceu com a linha anterior. Mas independentemente disso, o dispositivo vai fornecer uma experiência e qualidade similar aos modelos premium.

 

Este conta com o chip Snapdragon 888, que vai também ser um dos chips presentes na maioria dos smartphones premium a chegarem ao mercado em 2021. No interior do mesmo a empresa revela ainda a existência de entre 8 a 12GB de memória RAM LPDDR5, bem como entre 128 e 256 GB de armazenamento interno UFS 3.1.

 

xiaomi mi 11

 

Na estrutura encontra-se ainda um ecrã de 6.81 polegadas OLED, com resolução QHD+ e uma taxa de atualização de 120Hz (240Hz em touch). Este é também um upgrade face à geração anterior, que contava apenas com painéis de 90Hz.

O ecrã encontra-se protegido pelo Gorilla Glass Victus – o mesmo que se encontra nos dispositivos mais recentes da Samsung – além de ter uma luminosidade de 1500 nits. Na verdade, a Xiaomi também sublinha que o ecrã foi um dos melhores alguma vez testados pela entidade DisplayMate, sendo um dos mais brilhantes painéis OLED atualmente no mercado.

 

carregamento xiaomi mi 11

 

Na bateria, o Mi 11 conta com uma de capacidade total 4,600mAh, juntamente com o suporte ao sistema de carregamento rápido em 55W, que promete carregar a totalidade da bateria em 45 minutos. Destaca-se ainda o sistema de carregamento sem fios a 50W e o carregamento reverso sem fios a 10W.

 

E quanto ao carregador? A Xiaomi também deixou isso claro, e pelo menos no mercado da China vão ser vendidas duas versões diferentes do dispositivo: uma apenas com o smartphone e outra com o smartphone e o carregador. Mas ambas vão encontrar-se ao mesmo preço para os consumidores. Ou seja, será uma escolha de cada um se pretendem ou não o carregador (de notar, novamente, que isto aplica-se ao mercado da China, e ainda não se sabe quanto a mercados internacionais).

 

A nível das câmaras, o Mi 11 conta com um sensor principal de 108MP, acompanhado de uma lente ultra-wide de 13MP e uma telefoto de 5MP. O sensor principal é capaz de gravar vídeos a 8K e permite capturar imagens noturnas de excelente qualidade. A câmara frontal é um sensor de 20MP com o tradicional “buraco” no ecrã.

 

xiaomi mi 11 ecrã

 

A nível do software, o dispositivo vai chegar ao mercado de fábrica com o MIUI 12.5, que será a próxima geração do sistema da empresa e deve também chegar brevemente a mais dispositivos da marca. No caso do Mi 11, encontra-se já de origem.

 

Quanto aos preços, e tendo em conta o mercado da China, o modelo base de 8GB/128GB vai encontrar-se disponível por aproximadamente 612 dólares, aumentando para 657 dólares na variante 8GB/256GB e 719 dólares na variante 12GB/256GB.

As vendas neste mercado iniciam-se no dia 1 de Janeiro, mas por enquanto ainda se desconhece a disponibilidade para mercados internacionais.

Nenhum comentário.

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech