1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

Google Chrome

 

Se instalou recentemente a versão 76 do Google Chrome, ou a sua instalação foi automática pelo navegador, é possível que tenha verificado algumas diferenças sobre a barra de endereços. Isto porque a Google decidiu voltar a ocultar as secções “www” e “https” dos domínios na barra de endereços.

 

Esta medida tinha surgido inicialmente no Chrome 69, lançado em Setembro de 2018. Na altura, a Google decidiu ocultar o que eram considerados como subdomínios triviais da barra de endereços do navegador. Entre estes encontravam-se os subdomínios “www” e “m”.

Nesta versão, a parte do “www” dos domínios estaria a ser removida. Por exemplo, https://www.tugatech.com.pt seria convertido apenas para tugatech.com.pt na barra de endereços.

 

A medida foi rapidamente revertida pela empresa nas futuras versões do Chrome depois do público em geral e dos programadores terem demonstrado desagrado sobre a forma como o navegador estava a tratar dois subdomínios diferentes, e que podiam levar a dois websites diferentes entre si.

 

alteração sem https

 

Em causa encontrava-se o facto de a Google considerar o subdomínio “m” como sendo trivial, quando este pode ser associado com uma versão móvel de alguns websites, e levar à confusão por parte dos utilizadores.

 

A medida tinha sido adiada pela empresa, e parece que a versão do Chrome 76 é agora a que apresenta as alterações. Os utilizadores nesta versão do Chrome podem verificar que, na barra de endereços, a secção do https:// e do “www” já não se encontram visíveis durante a utilização regular do navegador.

 

Invés disso, caso o utilizador pretenda aceder à versão completa do domínio, necessita de carregar duas vezes na barra de endereços para apresentar o conteúdo completo. A medida surge também depois de ter aparecido em alguns testes da versão Canary, Dev e beta do Chrome ao longo dos últimos meses.

 

Tal como aconteceu com a versão 69 do navegador, muitos utilizadores já começaram a demonstrar o seu descontentamento face a esta mudança. Nos fóruns da empresa é possível encontrar várias criticas à mudança do Chrome e como a Google trata os subdomínios considerados como “triviais”, mas que podem conter informação diferente para os utilizadores finais. Além disso, a medida também complica todo o processo de copiar um determinado link no navegador.

 

> Como reverter para o formato antigo

reverter antigo

 

Felizmente, para quem pretenda voltar ao formato antigo de apresentação, tal é possível alterando algumas flags nas definições do Chrome. Para tal basta aceder à página “chrome://flags/#omnibox-ui-hide-steady-state-url-trivial-subdomains”, certificando-se que a opção encontra-se marcada como “Desativada” ou “Disabled”.

 

desativar flags chrome

 

Outra solução passa por instalar a extensão do “Suspicious Site Reporter”, que aparenta reverter a mudança no navegador e apresenta a informação completa sobre o domínio acedido. Esta extensão é utilizada para ajudar os utilizadores a reportarem sites com conteúdo malicioso ou de phishing, pelo que apresentar o link completo será algo fundamental para tal.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech