1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

YouTube smartphone

 

Recentemente o YouTube aplicou medidas restritivas nos vídeos que partilhavam informações sobre o coronavírus, nomeadamente com a restrição de ganhos monetários nestes. No entanto, a empresa afirma agora que irá permitir alguns criadores a monetizarem os seus conteúdos sobre este tema.

 

Depois de um elevado número de críticas, o YouTube decidiu voltar atrás na decisão de bloquear a monetização de conteúdos relacionados com o coronavírus, e agora irá passar a permitir que alguns criadores de conteúdos gerem rendimento pelos mesmos.

No início, a empresa colocou o coronavírus dentro de uma política que já se encontra na plataforma, e que impede vídeos sobre temas sensíveis da atualidade de serem monetizados com publicidade. Isto inclui pandemias ou desastres naturais, como forma de evitar que os criadores de conteúdos tirem proveito destes eventos para ganhos diretos.

 

No entanto, face ao recente surto de coronavírus e a um elevado número de criadores terem demonstrado revolta com a retirada de rendimentos destes conteúdos, a plataforma decidiu voltar atrás na sua decisão.

Susan Wojcicki, CEO do YouTube, revelou numa carta aberta aos criadores que os vídeos com conteúdo de qualidade e informativo relativamente ao surto, sobre certos criadores, poderão vir a ser rentabilizados dentro da plataforma.

 

Wojcicki afirma que a medida irá começar a ter efeitos a partir de hoje, e inicialmente para alguns canais certificados da empresa. Futuramente a medida irá estender-se a mais criadores e canais relacionados com noticias ou similares.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech